Relais & Châteaux acrescenta 11 membros ao seu portefólio

Por a 10 de Julho de 2024 as 12:16

A rede da Relais & Châteaux acrescentou mais onze propriedades ao seu portefólio, localizados em regiões como África, Estados Unidos, Europa, Médio Oriente e Ásia.

No continente africano, o novo membro a integrar a associação localiza-se no Botsuana, no Rio Okavango. O Relais & Châteaux Sitatunga Private Island, com duas suites e uma villa, localiza-se na propriedade irmã dos acampamentos Relais & Châteaux Great Plains Conservation, numa ilha isolada. Por outro lado, o mais recente membro a integrar a Relais & Châteaux dos Estados Unidos é o restaurante Emeril’s, localizado em Nova Orleães.

Já na Europa, a Relais & Châteaux passa a contar com mais membros em Espanha, Roménia e França.

O Relais & Châteaux Finca La Donaira, localizado na Serranía de Ronda, Espanha, oferece nove quartos, incluindo cinco suites, naquele que é considerado um dos maiores centros equestres da região. No Table d’hôte, restaurante desta unidade hoteleira, a aposta recai numa cozinha à base de tapas, feita com ingredientes biológicos da quinta. Já o Relais & Châteaux Matca Hotel, na Transilvânia, Roménia, oferece 16 quartos e duas villas, além do restaurante Stup, dedicado à cozinha transilvana.

Em França, a Relais & Châteaux passa a contar com três membros: o Relais & Châteaux Les Lumières, em Versalhes, cuja abertura está prevista para o final de julho deste ano; o Relais & Châteaux Le Clos Vauban, em Langres, uma pousada de oito quartos que se antecipa que abra portas em outubro deste ano; e o Relais & Châteaux Château Sainte Sabine, na região de Borgonha, cujo edifício do século XVI oferece 23 quartos.

No Médio Oriente, os novos membros estão situados em Israel e no Egipto, com o Relais & Châteaux The Drisco Tel Aviv – um hotel de 42 quartos com o restaurante George & John, que também integra a rede – e o Relais & Châteaux La Maison Bleue, em El Gouna. Este último hotel, localizado no Egipto, conta com 13 suites e dois restaurantes: o Le Restaurant, com um menu europeu e egípcio, e o The Greenhouse, de cozinha biológica e descontraída.

Por fim, na Ásia, a Relais & Châteaux passa a integrar na sua rede os projetos Sitara Himalaya, nos Himalaias, Índia, e King’s Joy, em Pequim, China. O Relais & Châteaux Sitara Himalaya, um hotel de dez suites, aceita apenas adultos e integra o Sitara Sky Restaurant, um espaço de restauração dedicado à cozinha regional dos Himalaias. Já o King’s Joy foi o primeiro restaurante vegetariano do mundo a ser galardoado com três estrelas no Guia Michelin.

“Estou muito satisfeito por ver estas onze propriedades a juntarem-se à Relais & Châteaux, que vêm complementar os estabelecimentos na nossa coleção. Cada um destes novos membros partilha da nossa paixão pela autenticidade e terroir, pois comprometem-se a realçar, partilhar e preservar a herança culinária, cultural, arquitetónica e natural das suas respetivas regiões”, afirma Laurent Gardinier, presidente da Relais & Châteaux, em nota de imprensa.

Em Portugal existem atualmente treze membros com o selo da Relais & Châteaux: Bela Vista Hotel & Spa; Belcanto; Casa da Calçada; Casa Velha do Palheiro; Fortaleza do Guincho; Grand House; Herdade da Malhadinha Nova; Quinta Nova Winery House; The Yeatman; Valverde Lisboa Hotel & Garden; Valverde Santar Hotel & Spa; L’AND Vineyards e Hotel Vermelho.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *