Delta alia-se à Start Up Nãm para aumentar a produção de cogumelos a partir das borras do café

Por a 20 de Maio de 2021 as 10:28

A Delta Cafés e a Start Up Nãm pretendem duplicar o número de clientes em Lisboa até ao final do ano, aumentando a capacidade de produção de cogumelos na Nãm Urban Farm produzidos a partir da borra do café.

Atualmente com uma capacidade de produção mensal de uma tonelada de cogumelos (equivalente a 3 toneladas de borra de café), a Nãm Urban Farm passará, a partir de Julho, a ter uma capacidade instalada que lhe permitirá produzir mensalmente 4 toneladas de cogumelos (correspondente a 12 toneladas de borra de café) com o objectivo de dar resposta ao aumento exponencial da procura de cogumelos Nãm que já são comercializados para cerca de 100 restaurantes na cidade de Lisboa e, também, ao consumidor final que os pode adquirir directamente na Nãm. 

De portas abertas em Marvila, Lisboa, há cerca de seis meses, a Nãm Urban Farm é um dos projectos que integram a estratégia de sustentabilidade e boas práticas ambientais da Delta Cafés. Neste espaço, aberto a qualquer visitante, é dada uma nova vida à borra do café para a produção sustentável e consciente de cogumelos que, posteriormente são vendidos à restauração, completando um círculo perfeito. 

Neste local em Marvila, onde existe ainda uma horta biológica, nasce também um novo espaço de lazer, um social club, dirigido a todos aqueles que querem desfrutar de um ambiente descontraído, de uma refeição leve e onde podem degustar os cogumelos ou, simplesmente, saborear um café Delta.

Em plena cidade de Lisboa cresce um negócio inspirado num ciclo perfeito da natureza sem produzir qualquer desperdício. É esta a premissa da Nãm Urban Farm: utilizar um recurso em fim de vida para dar origem a um alimento novo.

O anúncio do aumento da capacidade de produção de cogumelos foi feito à margem da inauguração oficial da primeira quinta urbana em Lisboa – a Nãm Urban Farm – e contou com a presença do Presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *