Hotel Vouga investe 1,5 milhões de euros em remodelação total

Por a 3 de Dezembro de 2019 as 7:00

O Hotel Vouga, localizado nas Termas de São Pedro do Sul, iniciou, em 2018, um processo de remodelação total com o objetivo de atualizar a unidade e reposicioná-la para uma classificação de quatro estrelas, num investimento de perto de 1,5 milhões de euros co-finaciado pelo Portugal 2020. A intervenção deverá estar concluída em maio de 2020.

Todos os 48 quartos foram intervencionados,tendo sido acrescentados mais oito quartos premium e duas suites presidenciais. O M Spa será a nova zona de bem-estar do hotel, com uma piscina interior dinâmica, sauna, banho turco, ginásio e salas de relaxamento. “Com a passagem para quatro estrelas pretendemos cativar um cliente mais exigente – de um segmento mais elevado, que procura uma oferta turística mais consolidada de saúde, bem-estar e natureza – e, simultaneamente, melhorar a qualidade da estadia do nosso cliente habitual, oferecendo uma melhoria de conforto e dos serviços prestados”, refere à Publituris Hotelaria a administração da unidade.

O Hotel Vouga irá dispor ainda de uma sala de eventos com uma capacidade de 150 pessoas destinada à organização de casamentos, batizados e festas de aniversário bem como conferências exclusivas de empresas.

O projeto de remodelação foi pensado tendo em conta a localização e a natureza circundante do hotel, de forma a apelar à serenidade e ao bem-estar. A decoração terá como cores base o azul da água, o verde da natureza e o cor de rosa, em homenagem  ao cunho feminino  na gestão do hotel desde o seu início.

Na área de F&B as novidades prendem-se com a mudança de conceito e decoração do restaurante e do bar. O 1902 Restaurante assume no nome o ano de criação do hotel. A aposta manter-se-á na tradicional gastronomia portuguesa Já o Guarda-Rios bar, com a sua localização sobre o rio, pode ser considerado um observatório natural de aves. Aqui, a aposta passa pelos licores caseiros e pela cerveja artesenal. Oferta que fica complementada com bolos e doces caseiros.

“As Termas de São Pedro do Sul, enquanto destino turístico reconhecido pelo termalismo, merecem uma oferta hoteleira que siga uma tendência de evolução e que valorize também o que a natureza tem para oferecer. Estamos a desenvolver uma rede de parceiros turísticos locais, de forma a conseguir oferecer ao cliente experiências diferentes, únicas, endógenas que resultem numa estadia memorável”, adianta a administração.

Reforçar o mercado nacional e atrair os mercados holandês, francês e espanhol estão na lista de objetivos na nova operação. “Dentro do mercado nacional, pretendemos reforçar o segmento do turismo termal, cativar o segmento do turismo da natureza e o segmento corporate. No mercado internacional vamos focar no segmento do turismo da natureza – clientes que valorizam as caminhadas, a serra, o nosso sol, o silêncio, a proximidade com a natureza, as tradições e as gentes locais”, conclui o porta-voz da unidade.

 

 

 

Um comentário

  1. Maria Almeida

    6 de Dezembro de 2019 at 1:17

    Se já gostava do Vouga antes da remodelação … vou passar a ADORAR!
    Parabéns Hotel VOUGA!

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *