ALEP debate o futuro do Alojamento Local 

Por a 12 de Novembro de 2018 as 12:17

A Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP) vai promover uma série de eventos a nível nacional com o objectivo de esclarecer as principais dúvidas relacionadas com a nova Lei do Alojamento Local (AL). As alterações ao regulamento, como a possibilidade de oposição a um AL por parte do condomínio ou a autonomia dada às Câmaras para criar zonas de contenção de novos registos são alguns dos pontos que vão estar em discussão em cima da mesa.

A primeira iniciativa arranca já no próximo dia 17, em Lisboa, com  o seminário “O Futuro do Alojamento Local em Lisboa”. O evento contará com a  presença de vários especialistas que visam  debater de forma detalhada as principais alterações à lei.

“Há muitas mudanças a acontecer e ao mesmo tempo muita confusão e falta de informação, o que causa incerteza. É urgente esclarecer de forma prática e precisa as principais questões, pois algumas podem ter um impacto importante na vida de quem depende do alojamento local. O nosso receio é que muitos titulares de AL ainda não estejam informados e preparados para as alterações. Por outro lado, serão também abordadas as tendências do mercado em cada região, os desafios, trazer indicadores em primeira mão, e mostrar caminhos e ideias de como gerir de forma mais eficiente e com melhor qualidade”, adianta em comunicado o presidente da ALEP, Eduardo Miranda.

O que significa a suspensão temporária de novos registos aprovada recentemente pela Assembleia Municipal de Lisboa? Qual a diferença entre a suspensão e as futuras zonas de contenção e que limitações se aplicam nestas zonas? Quais as condições para a oposição dos condomínios?, são algumas das questões que vão preencher o primeiro dia de debate na capital.  O seminário irá também abordar outras temáticas como a fiscalidade do AL e as mudanças no regime da Segurança Social.

As inscrições devem ser  realizadas através do portal do evento.

Um comentário

  1. Ernesto

    13 de Novembro de 2018 at 12:23

    É bom que se esclareça , mas há um problema , em Portugal tudo que passa a ser suspensão temporária , passa a definitivo .
    Todos nós sabemos que é tudo Politica …

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *